Resenha do filme Invocação do Mal 2

No Notícias do Facínora 4, programa de notícias que eu apresento no canal da Gaming Room, falei sobre o Invocação do Mal 2 (The Conjuring 2), um filme americano dirigido por James Wan lançado em junho de 2016 que fui ver nesta semana sobre o qual posso dizer logo de cara que faz um bom tempo que não assisto uma boa obra de terror assim.

Aliás, abaixo tem o vídeo em questão, no qual fiz uma curta análise do Invocação Do Mal 2. É a primeira notícia abordada, logo no segundo 00:36:

O enredo do Invocação do Mal 2 é bom, misterioso e propicia o terror psicológico. Ele conta a história da suposta assombração que aconteceu na casa da família Hodgson, no ano de 1977, no distrito de Enfield, em Londres (Inglaterra), seguindo o casal Warren, que ficou famoso por conta do caso de Amityville, que também foi pro cinema e deu sequência a uma enorme série.

O tipo de filmagem, as luzes, retratos, sei lá, completam a atmosfera, dando um clima gótico ao trabalho, algo que é raro de se ver atualmente. Prende bem a atenção, embora tenham modificado bastante a historia oficial, como nos mostra este vídeo do canal Assombrado.

As atuações são bem decentes. Conseguiram disfarçar o tantão de idade da Vera Farmiga, quem está muito bonita no filme e fez um papel menos perigoso do que ter tido que conviver com aquele filho débil mental dela na série televisiva Bates Motel. As crianças do filme vendem bem o peixe, o que, somado ao resto dos personagens britânicos, deu um toque único Invocação do Mal 2.

Eu não levei nenhum grande susto no Invocação do Mal 2, mas isso é deve ser de tanto jogar Minecraft com aqueles monstros sorrateiros aparecendo do nada e quase me infartando. Mas não quer dizer que não seja um filme feito pra dar sustos, porque dava pra ver a galera tensa na sala de cinema, o que normalmente é evidenciado com as piadinhas e risadinhas de favelados pra aliviar o medo.

O primeiro Invocação do Mal (The Conjuring), de 2013, eu achei bom, na mesma linha do primeiro Supernatural (o filme Insidious, de 2011, não a série de TV), que também conta com o Patrick Wilson no elenco. Já o Annabelle (2014), spin off do The Conjuring, já achei um lixo. Já este segundo filme da série superou minhas expectativas.

Quem espera algo na linha de terror trash pode não gostar do Invocação do Mal 2, pois ele foca no suspense psicológico. E isto é o melhor do filme junto com as cenas (ou retratos se preferir) e uma freira muito macabra que parece aqueles caras do black metal e vai ganhar seu próprio filme logo logo.

2 comentários sobre “Resenha do filme Invocação do Mal 2”

  1. A história se tornou uma das minhas favoritas para o Warren. Vera Farmiga e Patrick Wilson formam um ótimo casal. Ele sempre surpreende com os seus papeis, pois se mete de cabeça nas suas atuações e contagia profundamente a todos com as suas emoções. Fome de poder é um dos seus filmes mais recentes e foi, na minha opinião, um dos mehores filmes 2016 que eu vi. O filme superou as minhas expectativas, o ritmo da historia nos captura a todo o momento. Além, acho que a sua participação neste filme drama realmente ajudou ao desenvolvimento da história.

    1. Concordo. Vera Farmiga é hipnotizantemente linda tbm, pelo menos nos filmes. Na vida real, sem maquiagem já não sei dizer. Obrigado pelo comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *