Resenha do filme Tenebrae (Tenebre)

O Tenebrae, ou Tenebre, é um filme de terror escrito e dirigido por Dario Argento lançado no dia 20 de outubro de 1982. Esta obra italiana tem Anthony Franciosa, John Saxon e Daria Nicolodi no elenco e conta a história de um escritor famoso que se vê cercado de uma série de assassinatos que seguem as mesmas características do seu último best seller, Tenebrae.

Esta resenha, aliás, foi o tema do nosso nono Cine Clube Bolonha de Cinema:

Resolvi fazer a resenha deste filme depois de ter explorado o Tenebrae [1], um mod para Doom criado pelo Pedro VC que é inspirado nas obras cinematográficas de Argento e outros grandes nomes do gênero, como Lucio Fulci. Valeu a pena, embora eu, talvez devido a ignorância, não tenha percebido a semelhança entre o filme e o mod, pelo menos no quesito de enredo. O filme é bem assistível, segue a história de forma racional, embora tenha partes de interpretação subjetiva ou não explícita e alguns elementos de terror experimental que o próprio Fulci teria mexido em outras ocasiões passadas.

Tipo, não é um filme ruim de forma alguma o enredo é certamente interessante pra te manter envolvido, mas realmente esperava algo mais impressionante, talvez mais pela atmosfera extremamente sombria e horripilante do mod, que já tá lá na Gaming Room, do que pela reputação de Argento. Também, no tópico onde o Pedro VC divulgou o WAD, alguém falou que o John Saxon, ator americano que interpretou o Bullmer no filme, era fodão no Tenebrae, mas nem era. Era até meio zeroula. Ele foi do caralho mesmo no Enter The Dragon (Operação Dragão), aquele filme do Bruce Lee dos mais famosos que eu achava quando pequeno que Saxon era o James Bond, embora seu personagem nem inglês fosse.

Enfim, o Tenebrae é bom. Não achei fantástico e não tem nada de sobrenatural (é um filme que pode ser encaixado no gênero “giallo”, mais policial) pelo menos explicitamente, mas é bem estruturado pra te envolver sem se perder com aquelas cenas esquisitas abstratas que dependem de supostas interpretações subjetivas para apreciar, o que, no fim das contas, resume-se a coisa de manja rola.

Se você curte Dario Argento, acho que nem precisava de recomendar este título que parece ser um dos mais populares dele. Se você só conhece ele por causa daquela filha vagabunda dele que denunciou supostos abusos, mas ela mesmo é acusada de abusar de menores, pode ser que goste também. E o mod é bacana e tem seu mérito, embora eu não goste muito de explorar mapas, ainda mais escuros e tenebrosos daquele jeito, e precise de balanceamento em alguns aspectos.

Aftermath

O Tenebrae tem um enredo coerente e consistente, sendo um dos trabalhos de Argento não apenas dos mais famosos, mas que foge daquele tipo de coisa que depende de interpretações subjetiva de um monte de cenas desconexas. O filme tem alguns elementos sublimes, carrega-se simbologia em algumas partes e tal, mas vi isto mais como um extra, pois não impede de apreciar e de entender a história. Também gostei muito pelo fato de ser algo bem original. Por exemplo, o policial que investiga os assassinatos gosta de tomar uma birita mesmo durante o trabalho, ao contrário do clichê “nunca bebo em serviço”.

Trailer

Ficha técnica

  • Título: Tenebrae (Tenebre no Brasil) (1982)
  • Duração: 101 minutos Gênero: Terror/Policial/Giallo
  • Dirigido e escrito por: Dario Argento
  • Elenco Principal: Anthony Franciosa, John Saxon, Daria Nicolodi, Christian Borromeo, Mirella D’Angelo e Giuliano Gemma
  • País: Itália

Veja também

  1. Tenebrae – O mod para Doom brasileiro inspirado em trabalhos do Dario Argento e Lucio Fulci que me animou a assistir e fazer a resenha do filme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *